quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Assalto a caminhão de Bebidas

Em São Pedro do Ivaí, às 16h00min de terça-feira, 16 de dezembro, três trabalhadores: Nelson João dos Santos 39 anos; Rosemiro dos Santos 38 anos, e Adilson Alves de Souza 45 anos, foram vítimas de um roubo na Rodovia PR 457. Eles contaram para a Polícia que são de Campo Mourão, e trabalham na empresa Ideal Distribuidora de Bebidas LTDA; sendo que ao sair do distrito do Marisa, foram rendidos por duas pessoas armadas de revolver com capuz na cabeça em um veículo de cor escura. Os meliantes obrigaram as vítimas a entrar em uma estrada secundária onde tiveram que sair do caminhão e entrar no porta malas do carro de passeio. Os meliantes ficaram durante certo tempo trafegando com as vítimas presas no compartimento de bagagem, e depois as liberaram próximo de onde o caminhão estava. Eles fugiram levando mercadorias, certa quantia em dinheiro e 03 chips de celulares que eram de uso das vítimas. Buscas foram feitas, mas ninguém foi preso. Berimbau

Polícia de Corbélia prende homem acusado de estuprar a própria filha

Na tarde desta terça-feira (16), policiais da 49ª Delegacia de Polícia de Corbélia cumpriram mandado de prisão preventiva contra um pai acusado de estuprar a própria filha. Segundo consta no inquérito policial, a menina sofria abusos sexuais desde 2010, quando estava com apenas nove anos. O fato nunca foi contado à mãe, pois a menina sentia vergonha e medo da reação. Os abusos ocorriam frequentemente durante as noites, período em que os demais irmãos da vítima estavam dormindo e a mãe estava trabalhando. Após as investigações, que tiveram início em agosto deste ano, a prisão foi decretada pelo juízo da Vara Criminal da Comarca de Corbélia. Nesta terça-feira, investigadores da 49ª Delegacia lograram êxito em localizar o indiciado que está encarcerado na cadeia pública de Corbélia, a disposição da justiça. CGN

Acusado de matar mecânico em Moreira Sales é condenado a 12 anos de prisão

Maycon Pereira de Andrade, 25, acusado de matar com tiros de revólver o mecânico Gilmar dos Santos, então com 45 anos, no dia 23 de novembro de 2013, foi julgado terça-feira, e condenado a 12 anos de prisão, a serem cumpridos inicialmente em regime fechado. O crime teria sido motivado pelo fato de a vítima ter telefonado para a mãe de Maycon para cobrar uma dívida de R$ 55,00 que ele tinha, da venda de uma peça para o seu veículo Corcel. Maycon não teria gostado da cobrança e matado Gilmar Mecânico. O advogado José Borges, defendia a tese de legítima defesa e pedia que o homicídio fosse desqualificado ou então que o réu fosse julgado por lesão corporal seguida de morte, já que não morreu no momento dos disparos. Já a promotora de justiça Juliana Weber, pedia a condenação do réu por homicídio qualificado, por ter sido praticado por motivo fútil. Os dois travaram ásperos debates durante o julgamento. Ao final, os jurados entenderam que Maycon Pereira de Andrade era culpado pela morte de Gilmar Mecânico e reconheceram que o crime foi praticado por motivo fútil. Maycon está preso desde o dia 9 de julho deste ano e esse período será descontado da pena a ser cumprida. Segundo a polícia, ele é suspeito de participação em outros crimes em Moreira Sales e região. Goionews

PM estoura “boca de fumo” em Campo Mourão; marido foge e mulher vai presa

O flagrante aconteceu na noite nesta terça-feira (16) na Rua Princesa dos Campos próximo no Jardim Tropical II. Uma equipe da Polícia militar realizava patrulhamento quando, ao avistar um homem em atitude suspeita, este jogou algo fora e tentou fugir entrando em uma residência. Na busca, foi localizado no terreno o objeto que o indivíduo havia dispensado, eram três buchas de maconha. Uma mulher que estava na casa alegou que o sujeito era seu marido. Dentro de um freezer, os policiais encontraram um tablete de 380g de maconha e diversas porções embaladas prontas para venda. No quarto do casal foi localizado R$ 1.530,00 em dinheiro trocado, dez aparelhos celulares e mais duas facas utilizadas para cortar a droga no interior da bolsa da jovem. Diante da situação foi dada a voz de prisão para a mulher. Ela foi encaminhada juntamente com a droga e os materiais apreendidos à delegacia. Ta Sabendo

Quadrilha explode agência do BB de Carlópolis, polícia não tem pistas

Uma quadrilha fortemente armada explodiu ao menos dois terminais de caixa eletrônico do Banco do Brasil, na madrugada desta terça-feira (16), em Carlópolis. A ação durou pouco mais de 10 minutos e deixou a agência totalmente destruída. O crime foi registrado por volta das 2h45 da madrugada, na rua Benedito Salles, no centro da cidade, quando segundo testemunhas, quatros homens armados com pistolas e com os rostos cobertos com balaclavas chegaram em um carro de cor vermelha e explodiram os caixas do banco. De acordo com um morador vizinho do local, que pediu para não ser identificado, a ação da quadrilha durou cerca de 10 minutos e foram registradas duas explosões no interior da agência. “Foi tudo muito rápido. Quando ouvi a primeira explosão, olhei pela janela e vi que tinha dois homens armados no meio da rua dando cobertura aos demais integrantes da quadrilha. Quando um dos bandidos percebeu que eu estava observando do alto ele me apontou a arma e eu me recolhi. Liguei para a polícia e, enquanto informava sobre o roubo aconteceu à segunda explosão, e em seguida os bandidos fugiram em um carro vermelho. Pouco depois a polícia chegou e eu permaneci dentro de casa. Só fui ver o que realmente havia acontecido pela manhã, quando sai para trabalhar”, disse o morador. Quando a Polícia Militar chegou ao local, às equipes encontraram material explosivo em uma bolsa deixada pelos suspeitos na entrada da agência, e a área precisou ser totalmente isolada. Moradores e comerciantes, num raio de 100 metros da agência, tiveram que deixar os imóveis até a chegada de uma equipe do Esquadrão Antibombas solicitada para avaliar o local. Os policiais do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) chegaram por volta das 11 horas e constataram que o material se tratava de um explosivo comercial usado na detonação de pedreiras. O artefato estava desarmado e foi apreendido para perícia.

Bandidos espancam e jogam vítima no rio após roubo de carro

O caso aconteceu na madrugada desta quarta-feira (17) em Campo Mourão. Moradores de uma propriedade rural, localizada no Barreiro das Frutas, chamaram a polícia após um homem todo machucado e molhado pedir socorro. De acordo com a vítima, os criminosos armados lhe renderam próximo ao Posto Vian, em Campo Mourão, durante a madrugada e roubaram seu carro, um Fiat Pálio. O motorista contou ainda que foi amarrado e espancado. Não satisfeitos, antes de fugirem, os ladrões jogaram a vítima no Rio da Várzea. O homem disse ainda que conseguiu se desvincilhar das amarras e caminhou por horas. O sol já estava alto quando ele conseguiu chegar na propriedade, onde pediu ajuda. Uma equipe do Samu atendeu a vítima e a levou até o hospital Santa Casa. A Polícia Militar atendeu a ocorrência e gerou o sinal de alerta contra furto e roubo de veículos. Ta Sabendo

Polícia identifica suspeitos de agredir operário em Maringá

A Polícia Civil (PC) de Maringá recebeu na tarde de ontem uma lista contendo nomes de três pessoas suspeitas de agredirem o operário Josias Francisco Ieque, 46 anos, que morreu dia 1º de dezembro na Santa Casa. Segundo a PC, Ieque foi encontrado ferido na manhã do dia 6 de setembro em um terreno baldio situado na Avenida Sophia Rasgulaeff. Na noite anterior, ele estava em uma cervejaria próxima bebendo com três homens. O Instituto Médico-Legal (IML) constatou que Ieque sofreu traumatismo craniano provocado por instrumento contundente. O Diário

Bandido morre em confronto com a Polícia de Sarandi

Na tarde de ontem quatro elementos sendo uma adolescente e três maiores tomaram de assalto um veiculo gol no Jardim Verão e na fuga depararam com a Rotam e na troca de tiros um deles conhecido por Gordinho acabou morrendo e um deles por nome de Paulo Henrique foi preso no local, o outro conseguiu fugir juntamente com a adolescente, no inicio da noite tivemos informação do nome da menor e o outro que havia fugido por nome de Denis Aparecido, de posse das informações localizamos o endereço da menor, solicitamos o apoio da Rotam e apreendemos a mesma e obtivemos o endereço de onde Denis estava escondido, fomos até o local e prendemos o mesmo com o revólver calibre 38 com quatro munições intactas e duas deflagadas, o mesmo confessou que fora autor do assalto da Farmácia Nissei e do Motel Egito, e contava com três mandados de prisão em aberto. Cido Polícia

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
SOU RADIALISTA NAS RADIOS : JANDAIA AM E FM , RADIO VALE VERDE FM DE ASSIS CHATAUBRIANT E REDE MASSA FM .