sexta-feira, 20 de março de 2015

Assaolto a casa lotérica em Fenix

Em Fênix, o assalto foi também no dia 19 de março, na Lotérica da cidade. A Polícia informou que um homem e uma mulher chegaram em um Gol e um outro veículo que pode ser do mesmo modelo. Eles invadiram o local e em seguida renderam funcionários e praticaram o crime. O casal levou dinheiro do caixa e fugiu; mesmo com patrulhamento toda região, nada foi encontrado.

Policial Militar é suspeito do crime dos quatro jovens

Nesta sexta-feira, dia 20 de março, de 2015, o Jornal "Ó DIÁRIO", traz uma matéria completa sobre um crime desvendando, ou seja, chega ao fim o mistério dos quatro jovens desaparecidos na zona rural de Flórida. Eles foram assassinados. A matéria na íntegra diz o seguinte: Os jovens Daniel Gonçalves de Araújo Júnior, 20 anos, conhecido como 'Juninho', e Eder das Neves de Oliveira, 21 anos, que estavam desaparecidos há uma semana, foram encontrados mortos na tarde desta quinta-feira (19 de março) em um canavial na zona rural de Flórida (a 47km de Maringá). Os corpos estavam a cerca de 30 metros de distância do local onde o casal de namorados Ana Cláudia Alves, 22 anos, e Jonathan Willian Moreira da Silva, 17 anos, foi encontrado morto na noite de quarta-feira (18). Uma das linhas de investigação aponta para o suposto envolvimento de um policial militar do 4º Batalhão de Polícia Militar (BPM), de Maringá, no crime. A varredura na área em busca dos jovens mobilizou policiais militares de Santa Fé e dez investigadores da 9ªSubdivisão Policial (SDP) de Maringá. Por volta das 16h, o investigador Marcelo Verdade encontrou os corpos em meio a um canavial, no lado oposto ao carreador que fica às margens da mata ciliar onde estava o casal. Segundo a polícia, as vítimas apresentavam perfurações de tiros na nuca, sinal clássico de execução sumária.
Um dos rapazes estava apenas de cueca e outro vestia uma bermuda. As posições dos corpos - já em estado avançado de decomposição - indicam que a dupla estava ajoelhada quando foi executada. O crime teria ocorrido na madrugada da última quarta-feira (11), data do desaparecimento dos quatro amigos. Segundo informações repassadas à Polícia Civil, os jovens teriam sido levados da residência do servente de pedreiro Juninho por desconhecidos em um Gol branco. Familiares das vítimas fizeram o reconhecimento e acompanharam a remoção dos corpos para o Instituto Médico-Legal (IML). Aos prantos, uma tia de Juninho lamentou o fim trágico do sobrinho. "Ele não merecia ser assassinado assim tão convardemente", desabafou a mulher, que pediu para não ser identificada por medo de represálias. Investigação - O delegado-chefe da 9ª SDP, Osmir Ferreira Neves Júnior, acompanhou o trabalho de remoção dos corpos e confirmou que uma das linhas de investigação aponta para o suposto envolvimento de um jovem policial militar, suposto integrante de um grupo de elite do 4º BPM, no crime. O PM suspeito estaria na corporação há cerca de um ano e seria inimigo declarado de Juninho por desaprovar o relacionamento de sua irmã, uma adolescente de 14 anos, com o rapaz. Ele já teria agredido o jovem publicamente em pelo menos duas ocasiões no ano passado. Segundo a tia do servente de pedreiro, depois de ser violentamente espancando e escapar ileso de uma sequência de disparos de arma em uma festa popular, em Flórida, o sobrinho retornou para Londrina. "Ele chegou na casa dos pais bastante machucado e acusou o PM", recorda. De volta a Flórida, Juninho voltou a ser espacado pelo mesmo PM em via pública. A exemplo da anterior, a agressão foi presenciada por populares. Ainda segundo a tia do rapaz, o sobrinho não registrou boletim de ocorrência por medo. O pai do servente de pedreiro reafirmou o medo do filho que, segundo ele, teria gravado um vídeo no qual responsabiliza o policial caso alguma coisa grave lhe acontecesse. O delegado-chefe da 9ª SDP disse ter sido informado da existência do vídeo e espera recebê-lo nesta sexta-feira (20) para ajudar nas investigações. Osmir confirmou ainda que uma suposta testemunha do sequestro dos quatro amigos será ouvida amanhã. "Seja qual for o responsável, ou responsáveis, por esse crime bárbaro, ficando comprovada a autoria, será punido pela justiça. Crimes como esses não serão tolerados pela sociedade e muito menos pelos órgãos de segurança pública do Paraná", afirmou. No início da noite de hoje, o comandante do 4º Batalhão da Polícia Militar (BPM) de Maringá, tenente-coronel Antonio Roberto dos Anjos Padilha, disse ter sido informado pela Polícia Civil sobre as suspeitas que recaem contra o policial militar na execução dos jovens. "O delegado Osmir nos informou sobre o suposto envolvimento de um PM, mas até o momento são apenas relatos, não há nada conclusivo. Essa é apenas uma das linhas de investigação, existem outras. Estamos acompanhando as investigações e oferecemos o apoio necessário para a elucidação no caso, inclusive através da equipe do Serviço Reservado do Batalhão. Um crime como esse não pode ficar impune", disse o comandante. "Caso a investigação confirme essa linha de investigação a corporação tomará as medidas cabíveis". - diz o Jornal

Universitário que teve faca cravada na cabeça durante assalto morre no hospital

Marcos Adriano Donati, de 21 anos, morreu nas primeiras horas dessa quinta-feira (19) na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Bom Jesus. O universitário foi cruelmente esfaqueado na cabeça durante uma tentativa de assalto na rua Henrique Degraf, no bairro da Nova Rússia, em Ponta Grossa, nos Campos Gerais. As primeiras informações sobre o crime davam conta de que a agressão teria acontecido em uma briga de trânsito. No entanto, a situação logo foi esclarecida: Marcos foi vítima de um assalto e acabou com uma faca cravada no crânio. O crime aconteceu no dia 9 de março e desde então o universitário estava internado na UTI. Até o momento nenhum suspeito foi preso pela Polícia. Marcos era universitário e saia da aula no momento do assalto – o jovem tem sido alvo de várias mensagens de luto nas redes sociais. Banda B

Menor é flagrado com pedras de crack em bairro de Campo Mourão

A Polícia Militar apreendeu um jovem de 17 anos na noite desta quarta-feira (19). Segundo o boletim da PM, uma equipe patrulhava pela Rua Liberdade, no Conjunto Mendes, e quando o rapaz avistou a viatura tentou disfarçar e lançou ao chão um objeto. Na abordagem, os policiais descobriram que o menor havia jogado um pacote com 15 pedras de crack. O adolescente foi encaminhado à delegacia. Ta Sabendo

Mulher tenta entrar na cadeia com dois celulares e maconha na vagina

Durante a revista às visitas dos presos da cadeia pública de Goioerê, as agentes flagraram uma mulher com dois telefones celulares, três chips para celulares e um porção de maconha, que pesou 14 gramas, que estavam dentro de uma sacola plástica, introduzida em sua vagina. A mulher, identificada como sendo Rosimar dos Santos, de 33 anos, se apresentou como sendo companheira do detento Sidnei de Oliveira, o Indinho, que será julgado nesta sexta-feira, acusado de participação na morte do taxista Iran Marinho (veja matérias nesta edição). Assim que foi flagrada, Rosimar recebeu voz de prisão e foi autuada em flagrante, sendo recolhida à ala feminina da cadeia pública de Goioerê.

Carro com placas de Terra Boa se envolve em acidente com duas carretas

Os bombeiros socorreram o motorista do carro com suspeita de fratura na perna e braço esquerdo Um grave acidente foi registrado no início da noite desta quinta-feira(19), e deixou duas pessoas feridas na PR-323. O acidente aconteceu por volta das 19h35, no km 214 da rodovia, próximo do rio Ligeiro em Jussara. No acidente, se envolveram três veículos, sendo um carro Seat Ibiza, com placas de Terra Boa, um caminhão basculante Mercedes com placas de Terra Rica e uma Carreta Scania com placas de Cianorte. Segundo informações colhidas no local, o condutor ao tentar realizar uma ultrapassagem no final da terceira faixa, acabou colidindo com o caminhão Mercedes que vinha no sentido contrário. O caminhão tentou desviar, e acabou batendo na lateral da carreta, arrancando o rodado da mesma. O motorista do caminhão também necessitou de atendimento. Os bombeiros fizeram a retirada do motorista do carro com suspeita de fratura na perna e braço esquerdo. O suporte avançado do Samu esteve no local com apoio médico, e as duas vítimas foram encaminhadas ao Hospital Santa Casa de Cianorte, pelas ambulâncias do Samu. hora da noticia

Jornalistas e Sindicato se reúnem em Maringá

Mais de 70 profissionais da área de comunicação participaram na noite desta quinta-feira de uma reunião considerada histórica pelo presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Norte do Paraná (Sindijor-Nor), Ayoub Hanna Ayoub. Além de trocar ideias visando o fortalecimento da categoria, os jornalistas discutiram a negociação com as empresas de comunicação do estado, visando a data-base no dia 1º de maio. Além de itens básicos, como a manutenção do poder de compra dos salários e de direitos conquistados ao longo dos anos, a categoria tentar negociar com os patrões um aumento real, com base (8,5%) no ganho que as empresas tiveram ano passado, com a desoneração da folha de pagamento pelo Governo Federal. Além disso, foram discutidos itens como combate ao assédio nos locais de trabalho, cláusulas econômicas e de segurança do trabalhador e cumprimento da legislação, além da assembleia geral, que deve ser realizada no final deste mês, simultaneamente em Maringá e Londrina. Uma das principais reivindicações dos profissionais... de Maringá, foi uma maior presença do sindicato na cidade, visando coibir abusos, como o pagamento de salários aviltantes e a contratação de profissionais com nomenclatura diferente, para evitar o cumprimento do piso salarial (atualmente em R$ 2.735,46) a jornada de trabalho de 5 horas e outras conquistas históricas da categoria. "Mais que presença em Maringá, precisamos da presença dentro das empresas, para evitar que os profissionais continuem a sofrer pressões dos patrões para realizar trabalhos fora do horário e tarefas que não lhes compete, sem a devida remuneração", como frisou o apresentador Guilherme Rivaroli. Para o representante do sindicato, em Maringá, Everton Barbosa, a maior presença do sindicato nas empresas passa pelo fortalecimento da categoria. "O que estamos vendo aqui hoje, com esta grande presença dos companheiros, é um primeiro passo para este fortalecimento, sem o qual continuaremos à mercê dos patrões". (inf blog do Edmundo Pacheco)

Polícia e familiares falam sobre o caso dos jovens desaparecidos e encontrados mortos

Na manhã dessa sexta-feira familiares dos outros dois jovens, Eder das Neves de Oliveira, de 21 e o Daniel Gonçalves de Araújo Júnior, de 20 anos, também achados mortos na zona rual de Ângulo estiveram no IML de Maringá para fazer o reconhecimento dos corpos. Uma tia do Daniel falou com a imprensa sobre as suspeitas da família e o comentário do “juninho” estar sendo ameaçado por um policial. O comando das polícias Civil e Militar também se manifestaram e durante entrevista aos jornalistas falaram sobre as investigações. A polícia disse ainda não ter um suspeito, mas no caso de haver o envolvimento de policial, o fato será apurado e tratado com rigor.

Elemento com dois mandados de prisão é preso pela GM de Sarandi

As viaturas da Guarda Municipal Sarandi, estavam em patrulhamento na Avenida Curitiba no Jardim Mercurio, por volta das 2:30 da manhã quando abordaram o elemento, Robson Diniz Vieira(vulgo Robinho) 25 anos, o mesmo estava com dois mandados de prisão sendo um por Roubo majorado, condenado a sete anos e quatro meses, e outro por porte ilegal de armas, sendo condenado a seis anos e oito meses o mesmo é acusado de ter matado em 2006, um comparsa no interior da Delegacia, o mesmo foi conduzido pelas equipe para a NONA SDP, haja visto que a condena dele é da Comarca de Maringá.

Dona de casa de Maringá perde R$ 140 mil reais em golpe do bilhete

De acordo com informações a dona de casa de 59 anos teria sido ludibriada um casal de golpistas. Segundo o repórter Roberto Silva do Odiário, ela teria procurado ontem a polícia civil para relatar o golpe. A mulher que estava muito nervosa e disse aos policiais que foi abordada na quarta-feira por um casal que ofereceu um bilhete premiado no valor de 5,9 milhões e queriam trocar com ela por R$ 200 mil reais. A mulher sacou 40 mil de um banco e depois entregou mais 30 mil dólares. Oseias Miranda

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
SOU RADIALISTA NAS RADIOS : JANDAIA AM E FM , RADIO VALE VERDE FM DE ASSIS CHATAUBRIANT E REDE MASSA FM .